Início / Conteúdo Próprio / Concrescência

Concrescência

banneradsense2

 

concrescenciaA concrescência ocorre quando raízes de dois ou mais dentes estão unidas pelo cemento, podendo envolver tanto dentes decíduos quanto dentes permanentes.

A real causa ainda é desconhecida, mas diversos autores suspeitam que a falta de espaço durante o desenvolvimento, trauma local, força oclusal excessiva ou infecção local após o desenvolvimento dentário podem ser alguns dos fatores causadores dessa patologia.

A concrescência é chamada de Verdadeira caso ela tenha ocorrido durante o desenvolvimento dentário, e é chamada de Adquirida caso ocorra depois do desenvovimento dentário.

Os dentes mais frequentemente envolvidos são os molares superiores, principalmente o 3º molar com um dente supranumerário. Os dentes envolvidos podem não erupcionar ou irromper incompletamente.

Devemos ficar atentos em relação aos exames radiográficos, pois estes nem sempre conseguem diferenciar entre concrescência e dentes que estão em íntimo contato ou simplesmente sobrepostos. Caso exista a suspeita dessa condição em um exame radiográfico e a extração de um dos dentes está sendo cogitada, o cirurgião-dentista precisará de radiografias com projeções adicionais em ângulos diferentes para melhorar a avaliação desse caso.

A concrescência interfere no tratamento somente quando é tomada a decisão de remover um ou ambos os dentes envolvidos. Esse caso é um puco complicado caso seja necessária uma extração, porque o cirurgião-dentista deverá alertar o paciente de que a tentativa de extração de um só dente pode resultar na remoção simultânea e não intencional do outro. ‪

Fonte de Pesquisa: Radiologia Oral – Fundamentos e interpretação (White)

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Sobre Daniel Moreira

Graduando em Odontologia pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL. Ex-bolsista do Programa Ciências Sem Fronteiras (Brazil Scientific Mobility Program) na University of Kentucky nos Estados Unidos. Presidente da Liga Acadêmica de Prótese Dentária da UFAL, técnico em Prótese Dentária pelo SENAC-AL, monitor de Prótese Clínica da UFAL e monitor do Projeto Trauma Dental. Foi professor voluntário de Saúde Bucal dos cursos de extensão da Faculdade FACIMA para a Terceira Idade, estagiário do Ministério da Saúde no PET-Saúde, membro da comissão de tecnologia da informação e comunicação do CRO/AL e Presidente do Centro Acadêmico de Odontologia CAO-UFAL. Se aperfeiçoou em Cirurgia buco dentária e atualmente está se aperfeiçoando em "Odontologia Estética" (Dentística) e em Endodontia pelo Instituto Odontológico do Nordeste - IDENT. Venceu três prêmios como melhor Blog de Saúde, Cultura e Educação. É autor-responsável pelo Blog Profissão Dentista, Digital Influencer e Webmaster com experiência em Mídias Sociais e Marketing Digital.

Veja Também!

“Gengiva dentro do dente” – Pulpite Crônica Hiperplásica ( Pólipo Pulpar)

“Gengiva dentro do dente”, “Gengiva crescendo dentro do dente” ou “Tem uma carne dentro do ...