Início / Doenças / Zigomicose Rinocerebral

Zigomicose Rinocerebral

banneradsense2

zigomicoseA zigomicose é uma infecção fúngica oportunista, causada por fungos normalmente sapróbios da classe dos zigomicetos (gêneros: Absidia, Mucor, Rhizomucor e Rhizopus). O crescimento destes fungos é estimulado pelo ferro.

Estes microorganismos podem ser encontrados em todos os lugares, crescendo em qualquer material orgânico em decomposição. Numerosos esporos são frequentemente liberados no ar e inalados pelo ser humano.

A zigomicose pode envolver qualquer parte do corpo, porém a rinocerebral é a mais relevante para o cirurgião-dentista.

Pacientes de risco para desenvolvimento de zigomicose: 

  1. Pacientes diabéticos dependentes de insulina que tem diabetes descontrolada e estão em cetoacidose, que inibe a ligação de ferro à transferrina, fazendo com que os níveis de ferro aumentem.
  2. Pacientes que estão fazendo uso de deferoxamina (um agente quelante de ferro);
  3. Pacientes imunossuprimidos ( receptores de transplante de medula óssea, pacientes com AIDS, e aqueles recebendo terapia corticosteroide sistêmica).

OBS: Raramente a zigomicose tem sido relatada em indivíduos aparentemente saudáveis.

CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS

  • Obstrução nasal
  • Secreção nasal sanguinolenta
  • Dor facial
  • Cefaléia ( dor de cabeça)
  • Tumefação facial ou celulite
  • Distúrbios visuais
  • Paralisia facial
  • Cegueira
  • Letargia
  • Convulsões
  • Morte

Aumento de volume intraoral do rebordo alveolar superior e/ou do palato quando o seio maxilar for acometido.

Obs: Se a ulceração do palato não for tratada ela poderá evoluir para uma superfície úlcera enegrecida e necrótica, podendo ocorre destruição tecidual maciça.

zigomicose

TRATAMENTO 

  • Diagnóstico rápido e correto da doença;
  • Remoção cirúrgica radical do tecido infectado necrótico;
  • Administração sistêmica de altas doses de uma das formulações lipídicas  de anfotericina B;
  • Imagem por ressonâmica magnética ajuda a determinar a extensão da doença, orientando quanto às margens cirúrgicas;
  • Controle da doença de base do paciente ( ex: Diabete, cetoacidose, doenças imunossupressoras).

PROGNÓSTICO

Prognóstico desfavorável, pois 60% dos pacientes com zigomicose rinocebral não sobrevivem. E se sobreviver, o paciente possuirá uma destruição tecidual maciça residual que será um desafio estético e funcional, podendo ser necessária a obturação protética facial e palatina.

 Fonte de Pesquisa: Patologia Oral – Neville

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Veja Também!

xerostomia capa

Xerostomia – Boca seca

A Xerostomia é a sensação de boca seca e está frequentemente associada à deficiência ou ...