Início / Doenças / Zigomicose Rinocerebral

Zigomicose Rinocerebral

banneradsense2

zigomicoseA zigomicose é uma infecção fúngica oportunista, causada por fungos normalmente sapróbios da classe dos zigomicetos (gêneros: Absidia, Mucor, Rhizomucor e Rhizopus). O crescimento destes fungos é estimulado pelo ferro.

Estes microorganismos podem ser encontrados em todos os lugares, crescendo em qualquer material orgânico em decomposição. Numerosos esporos são frequentemente liberados no ar e inalados pelo ser humano.

A zigomicose pode envolver qualquer parte do corpo, porém a rinocerebral é a mais relevante para o cirurgião-dentista.

Pacientes de risco para desenvolvimento de zigomicose: 

  1. Pacientes diabéticos dependentes de insulina que tem diabetes descontrolada e estão em cetoacidose, que inibe a ligação de ferro à transferrina, fazendo com que os níveis de ferro aumentem.
  2. Pacientes que estão fazendo uso de deferoxamina (um agente quelante de ferro);
  3. Pacientes imunossuprimidos ( receptores de transplante de medula óssea, pacientes com AIDS, e aqueles recebendo terapia corticosteroide sistêmica).

OBS: Raramente a zigomicose tem sido relatada em indivíduos aparentemente saudáveis.

CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS

  • Obstrução nasal
  • Secreção nasal sanguinolenta
  • Dor facial
  • Cefaléia ( dor de cabeça)
  • Tumefação facial ou celulite
  • Distúrbios visuais
  • Paralisia facial
  • Cegueira
  • Letargia
  • Convulsões
  • Morte

Aumento de volume intraoral do rebordo alveolar superior e/ou do palato quando o seio maxilar for acometido.

Obs: Se a ulceração do palato não for tratada ela poderá evoluir para uma superfície úlcera enegrecida e necrótica, podendo ocorre destruição tecidual maciça.

zigomicose

TRATAMENTO 

  • Diagnóstico rápido e correto da doença;
  • Remoção cirúrgica radical do tecido infectado necrótico;
  • Administração sistêmica de altas doses de uma das formulações lipídicas  de anfotericina B;
  • Imagem por ressonâmica magnética ajuda a determinar a extensão da doença, orientando quanto às margens cirúrgicas;
  • Controle da doença de base do paciente ( ex: Diabete, cetoacidose, doenças imunossupressoras).

PROGNÓSTICO

Prognóstico desfavorável, pois 60% dos pacientes com zigomicose rinocebral não sobrevivem. E se sobreviver, o paciente possuirá uma destruição tecidual maciça residual que será um desafio estético e funcional, podendo ser necessária a obturação protética facial e palatina.

 Fonte de Pesquisa: Patologia Oral – Neville

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Sobre Daniel Moreira

Graduando em Odontologia pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL. Ex-bolsista do Programa Ciências Sem Fronteiras (Brazil Scientific Mobility Program) na University of Kentucky nos Estados Unidos. Presidente da Liga Acadêmica de Prótese Dentária da UFAL, técnico em Prótese Dentária pelo SENAC-AL, monitor de Prótese Clínica da UFAL e monitor do Projeto Trauma Dental. Foi professor voluntário de Saúde Bucal dos cursos de extensão da Faculdade FACIMA para a Terceira Idade, estagiário do Ministério da Saúde no PET-Saúde, membro da comissão de tecnologia da informação e comunicação do CRO/AL e Presidente do Centro Acadêmico de Odontologia CAO-UFAL. Se aperfeiçoou em Cirurgia buco dentária e atualmente está se aperfeiçoando em "Odontologia Estética" (Dentística) e em Endodontia pelo Instituto Odontológico do Nordeste - IDENT. Venceu três prêmios como melhor Blog de Saúde, Cultura e Educação. É autor-responsável pelo Blog Profissão Dentista, Digital Influencer e Webmaster com experiência em Mídias Sociais e Marketing Digital.

Veja Também!

Xerostomia – Boca seca

A Xerostomia é a sensação de boca seca e está frequentemente associada à deficiência ou ...