Início / Cirurgia / Gengivoplastia/Gengivectomia – O fim do sorriso gengival

Gengivoplastia/Gengivectomia – O fim do sorriso gengival

banneradsense2

A gengivoplastia ou gengivectomia são cirurgias estéticas ou reparadoras para a resolução de doenças gengivais hiperplásicas. Em outras palavras, nada mais é do que a remoção de parte da gengiva para o aumento de coroa clínica com o objetivo de deixar os dentes com uma aparência maior e mais proporcional ao sorriso.  Muitas pessoas possuem o chamado “Sorriso Gengival” em que possuem um excesso de gengiva cobrindo os dentes anteriores e o lábio superior que parece alto quando sorriem. Se essa contorno da gengiva for desproporcional ele poderá fazer com que os dentes aparentem ter tamanhos diferentes, deixando o sorriso desarmônico e com uma aparência não muito atraente.

Na tentativa de diferenciar as técnicas de gengivectomia e gengivoplastia, Carranza (2007), relatou que a técnica de gengivoplastia é similar a gengivectomia, mas sua finalidade é diferente, pois a gengivoplastia é executada para recontornar a gengiva na ausência de qualquer tipo de bolsas.

A correção desse problema é através de uma cirurgia realizada pelo cirurgião-dentista que anestesiará a área e removerá o excesso de gengiva.  Esse tratamento não é doloroso, mas o paciente poderá ter um certo desconforto durante um ou dois dias após o procedimento. O cirurgiã-dentista só removerá a quantidade correta ( 1 ou 2 mm) e não danificará a gengiva. Dependendo do profissional a cirurgia pode durar entre 30 minutos a 2 horas.

Os benefícios desse procedimento são variados entre eles podemos citar o sorriso com aspecto normal, eliminação de bolsas gengivais, o aumento de coroa clínica encoberta pela gengiva, correção de sequelas da Gengivite Ulcerativa Necrosante Aguda (GUNA), gengiva sem cicatrizes, etc.

A cicatrização gengival pode demorar em média, uns trinta dias (de 3 a 4 semanas). Nas primeiras 48 h os pacientes que passaram pela cirurgia periodontal de gengivectomia deverão ingerir apenas alimentos mais frios e de fácil mastigação, como por exemplo sucos, sorvetes e sopas. Bochechos fortes e esforços físicos são proibidos. O paciente deverá ficar em repouso e caso sinta dor, um analgésico é recomendado. Somente após 72h depois da cirurgia, é que se pode começar as atividades normais do dia a dia (trabalhar, beijar,etc), quando não haverá mais risco de a gengiva sangrar.

VEJA TAMBÉM:

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Sobre Daniel Moreira Bulhões

Graduando em Odontologia pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL. Ex-bolsista do Programa Ciências Sem Fronteiras (Brazil Scientific Mobility Program) na University of Kentucky nos Estados Unidos. Presidente e fundador da Liga Acadêmica de Prótese Dentária da UFAL, técnico em Prótese Dentária pelo SENAC-AL, monitor de Prótese Clínica da UFAL e monitor do Projeto Trauma Dental. Foi professor voluntário de Saúde Bucal dos cursos de extensão da Faculdade FACIMA para a Terceira Idade, estagiário do Ministério da Saúde no PET-Saúde, membro da comissão de tecnologia da informação e comunicação do CRO/AL e Presidente do Centro Acadêmico de Odontologia CAO-UFAL. Se aperfeiçoou em Cirurgia buco dentária e atualmente está se aperfeiçoando em "Odontologia Estética" (Dentística) e em Endodontia pelo Instituto Odontológico do Nordeste - IDENT. Venceu três prêmios como melhor Blog de Saúde, Cultura e Educação. É autor-responsável pelo Blog Profissão Dentista, Digital Influencer e Webmaster com experiência em Mídias Sociais e Marketing Digital na Odontologia.

Veja Também!

Festa de 07 anos do PROFISSÃO DENTISTA

Como o tempo passou rápido, não foi? Sem perceber, o Blog Profissão Dentista completou 07 ...