Início / Curiosidades / Amigdalite – Inflamação das Amígdalas

Amigdalite – Inflamação das Amígdalas

banneradsense2

A amigdalite é a inflamação e o inchaço nas amígdalas, glândulas situadas na parte superior da garganta e no fim da boca, cuja função é defender a área de vírus e bactérias. Elas ajudam a manter bactérias e outros germes longe de locais em que possam causar infecções.  Muitas vezes confundida com dor de garganta comum, a amigdalite deve ser tratada e diagnosticada rapidamente.

CAUSAS DA AMIGDALITE

Amigdalite pode ser causada por vírus, ou bactérias. A bactéria mais comum entre as causas de amigdalite é a Streptococcus pyogenes, também responsável por outras condições, a exemplo da faringite. Outras bactérias também podem estar envolvidas no desenvolvimento da doença.

SINTOMAS DA AMIGDALITE

  • Dores de garganta;
  • Febre;
  • Nódulos linfáticos no pescoço;
  • Voz rouca;
  • Dor de cabeça;
  • Pescoço Rígido;
  • Dores no corpo;
  • Fraqueza;
  • Dores nas articulações;
  • Dificuldades de deglutição ao engolir alimentos;
  • Dor de estômago, diarreias e dores abdominais em crianças pequenas;
  • Mau hálito (halitose);
  • Sensação de desconforto ou irritação frequente na garganta;
  • Presença de alimento no interior das criptas;
  • Sensação de corpo estranho na garganta;
  • Infecções de repetição (Amigdalite Recorrente ou crônica);
  • Hipertrofia (ou aumento) das amígdalas;
  • Hiperemia (ou vermelhidão) das amígdalas;
  • Manchas brancas ou amareladas nas amígdalas;
  • Formação e eliminação de resíduos das criptas.

DIAGNÓSTICO

Pode ser diagnosticada facilmente pelo médico ou cirurgiã-dentista. O Diagnóstico é feito através da junção dos sintomas citados pelo paciente, bem como a história clínica e exame físico, que poderá ser feito através da visualização da garganta (oroscopia), na identificação de amídalas aumentadas, inchadas, avermelhadas com placas de secreção purulentas e amareladas.

amidalite bacteriana 2
Essa foto foi tirada por mim, quando tive Amigdalite Bacteriana (em Junho de 2015)

 

AMIGDALITE É UMA DOENÇA CONTAGIOSA

A amigdalite é uma doença extremamente contagiosa, o paciente deve evitar beijar, compartilhar talheres, copos, etc.

IMPORTANTE!!!
Se você já teve amigdalite, lembre-se de trocar a sua escova de dente para que ela não seja uma fonte de reinfecção da doença.

TRATAMENTO

A amigdalite crônica caseosa tem cura, e o tratamento pode ser clínico ou cirúrgico.

Tratamento Clínico: Analgésicos, anti-inflamatórios e uma excelente higiene bucal com gargarejos antissépticos podem atenuar o problema, mas não o solucionam de forma definitiva. A diminuição de infecções poderá ser feita através da prescrição de antibióticos.

CUIDADO! Cutucar e ficar mexendo nas amígdalas tentando tirar os cásseos pode piorar ainda mais a situação. Isso não vai resolver o problema e pode causar infecções.

Tratamento cirúrgico: Realização de amigdalectomia, ou remoção das amígdalas, é o único jeito de resolver a situação de forma definitiva. Mas a indicação da cirurgia só é recomendada se o incômodo para o paciente for muito grande e a amigdalite for recorrente. A cirurgia é realizada por um médico otorrinolaringologista e pode ser feita de forma convencional ou assistida por laser. O método a laser reduz o risco de sangramento e complicações, além do tempo de recuperação ser um pouco menor que o do método convencional, que é de uma semana.

OBS: Nos primeiros dias após a cirurgia para retirar as amígdalas, o paciente poderá ter dores no pós-operatório, sendo indicado o uso analgésicos.

Veja o vídeo abaixo:

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Veja Também!

perio

Instrumentação em Periodontia: Orientação Clínica

  Instrumentos Periodontais Os instrumentos periodontais tem como finalidade realizar o exame clínico, fazer raspagem ...