Início / Curiosidades / Protetores Bucais

Protetores Bucais

banneradsense2

O que é um protetor bucal?

Um protetor bucal é um aparelho que se encaixa nos dentes para protegê-los de qualquer tipo de impacto. Eles são dispositivos intra orais resilientes que são utilizados visando minimizar a probabilidade de danificar o sistema estomatognático, incluindo a proteção dos dentes, maxilares, ATM e tecidos moles adjacentes.

Os protetores bucais devem ser usados sempre que a pessoa participa de atividades esportivas que envolvam a possibilidade de quedas, contatos físicos bruscos ou choques com objetos voadores, tais como futebol, basquetebol, beisebol, rugby, hóquei, skates, ginástica, ciclismo ou qualquer atividade que possa produzir ferimentos na área da boca.

Cada protetor bucal deve ser personalizado ao atleta e ao esporte que está sendo praticado. Muitas vezes dentro de um único esporte, diferentes modalidades implicam em diferentes regras que influenciam na confecção do protetor.

Podem ser confeccionados por diversos materiais e ajudam a absorver o choque experimentando por um golpe na face, mantém os tecidos moles afastados dos dentes e evita o contato violento entre dentes antagonistas.

Na grande maioria dos casos é confeccionado para a arcada superior, pois anatomicamente os dentes inferiores já possuem fatores de proteção, como sua inclinação para a lingual e o fato de os superiores protegerem os inferiores na oclusão. Ou seja, os protetores bucais geralmente cobrem os dentes superiores e são projetados para evitar a fratura de dentes, corte nos lábios ou qualquer outro dano à boca. Mas se você estiver usando aparelho ou prótese dentária na arcada inferior, é provável que seu dentista sugira o uso de protetor bucal nos dentes inferiores também.

Reportagem: Protetores Bucais

A importância de um protetor bucal

Materiais Utilizados na Confecção de Protetores Bucais

O materiais mais utilizados são:

  • Copolímero de acetato de polivinilpolietileno ou polietilenoacetato (EVA)
  • Borracha natural
  • Cloreto de Polivinil (PVC)
  • Acrílicos flexíveis
  • Poliuretano
  • Silicone

O Silicone é indicado por alguns autores como o melhor material para confecção de protetores, mas a sua capacidade de absorção de impacto é pequena devido a sua alta resiliência, além disso possuem baixa resistência ao rasgamento e sofrem alteração dimensional quando em presença de fluidos bucais.

Atualmente o “EVA odontológico” é o material mais indicado e mais utilizado para confecção de protetores bucais, pois este possui diversas vantagens, como:  leveza, cores vivas, opções de tamanho e espessura, facilidade de conformação, atóxico, capacidade de amortecimento,  resiliência, baixo custo.

eva2
Placas de EVA

OBS: O protetor bucal geralmente é confeccionado com placa EVA Soft de 3mm. 

Tipos de Protetores Bucais

1- Universais ou de Estoque:  Não são recomendados! São protetores que já vendem prontos, com tamanhos padrão (P, M e G). Se encaixam mal, são difíceis de usar, oferecem pouca proteção, podem ser desalojados durante o uso com um risco consequente de obstrução das vias aéreas. Dificultam a fala e a respiração, já que só são mantidos no lugar por causa da oclusão.

2- Pré-fabricados Termoplásticos: Também chamados de “Ferve e morde”. Muito vendido em lojas de artigos esportivos e academias. Ele é comprado com um formato padrão de arcada. Este protetor deve ser imerso em água quente e em seguida encaixado na arcada e pressionado com os dedos para dar um formato ao protetor. Este processo é reversível, o que é bom, pois nem sempre o atleta morde em uma posição confortável, além disso, corre o risco de queimar os tecidos moles da boca e de sensibilizar os tecidos pulpares.

Veja abaixo um vídeo explicando como modelar esse tipo de protetor.

3- Protetores bucais customizados: São protetores confeccionados sob medida a partir de um molde individual da arcada dentária do atleta, feito por um cirurgião-dentista. Garantem uma relação mais proporcional com a arcada dentária, permitindo uma maior adaptação e proteção. O material mais comum é o EVA, pois dissipa melhor o impacto dos golpes e tem um custo relativamente baixo. São mais confortáveis e apresentam uma maior retenção e adaptação. Diminuem a dificuldade na respiração e fonação, permitindo que o atleta não se desconcentre durante a sua atividade esportiva. Esses protetores são confeccionados pela técnica a vácuo, veja os vídeos abaixo:

4- Protetores bucais customizados multilaminados: Semelhante ao anterior. É confeccionado com várias camadas (Lâminas) de EVA conformadas através da temperatura elevada sobre o modelo de gesso com o auxílio de uma máquina termopressurizadora. A diferença entre esse e o anterior, é que este utiliza a pressão como aliada na confecção do protetor. Esse protetor vai apresentar uma espessura uniforme e vai proporcionar um grau de proteção máxima ao atleta, mas infelizmente sua desvantagem é o alto custo, por exigir uma máquina que não conta com maior disponibilidade ou acessibilidade por parte dos profissionais.

Confecção de Protetores Bucais Customizados

Uma desvantagem  da técnica a vácuo de plastificação é a espessura das bordas incisais, que diminui bastante durante a termoplastificação de protetores de uma única camada, o que diminui consequentemente sua capacidade de proteção e geralmente o atleta acaba furando essa região logo nos primeiros meses de uso.

Também possui a desvantagem de não aderir com segurança uma placa de EVA colorida a placa transparente final do protetor, pois o corante da placa colorida não permite essa adesão completa. Se as placas todas forem transparentes essa desvantagem é eliminada.

Passo a Passo 

  1. Moldar paciente com Hidrocolóide irreversível (Alginato) – Moldagem das duas arcadas (superior e inferior).
  2. Desinfectar moldes com hipoclorito de sódio 1%, passar água corrente e secar.
  3. Vazar moldes de alginato com gesso tipo III ou IV (15 minutos após a moldagem)
  4. Obter modelos de gesso e recortar excessos
  5. Duplicar o modelo superior.
  6. Montar modelos de gessos superior e inferior no articulador
  7. Preparar lâmina 7 de cera para registro oclusal.
  8. Desenhar com lápis regiões de alívio (freio labial e bridas) no segundo modelo de gesso superior
  9. Isolar o modelo
  10. Colocar o modelo na base da máquina termoplastificadora á vácuo (Ex: Plastivac 7 – BioArt)
  11. Colocar a placa EVA Soft transparente de 1mm na máquina (Essa será a Placa base do protetor – Primeira camada)
  12. Ligar botão da máquina e esperar plastificação da placa EVA.
  13. Descer a placa EVA aquecida em direção ao modelo
  14. Esperar modelo esfriar para não deformar a placa enquanto ele estiver quente
  15. Recortar o excesso de EVA do modelo com uma tesoura ou lâmina de bisturi. Recortar os detalhes dos freios e bridas nas curvas desenhadas anteriormente no modelo.
  16. Inserir a segunda camada de EVA soft 3mm colorida por cima da primeira usando o mesmo protocolo
  17. Colocar a primeira camada de EVA no modelo e esquentá-la cuidadosamente e levemente  com uma lamparina de hanau (lamparina de chama horizontal) segundos antes de descer a segunda placa e EVA por cima dela.
  18. Recortar excessos com bisturi ou tesoura
  19. Realizar acabamento com pedras de desgaste, não deixando regiões ásperas.
  20. Fazer o polimento das bordas com o maçarico a gás, proporcionando o vedamento entre as duas camadas de EVA.
  21. Fazer ajuste da região oclusal com os modelos montados previamente no articulador.
  22. Esquentar a região oclusal do protetor com um maçarico e lamparina de hanau e pressionar os modelos inferior e superior no articulador. O protetor deve permitir movimentos de protrusão e lateralidade.
  23. Personalizar a segunda camada com adesivos, letras, etc… Garantir que a personalização esteja bem aderida para não cair durante a plastificação da última placa.
  24. Plastificar a placa final de EVA soft 1mm transparente sobre as outras duas como cobertura e proteção das imagens.
  25. Fazer novo acabamento e polimento com pedra e maçarico nas bordas.
  26. Conferir a espessura interoclusal e estabilidade oclusal novamente no articulador.
  27. Fazer limpeza do protetor bucal.
  28. Entrega do protetor bucal esportivo ao paciente-atleta, testes e orientações.

Dica de livro 

Caso tenha interesse e queira se aprofundar mais no assunto, recomendamos  o livro “Protetores Bucais Esportivos” dos autores Clara Padilha e Eli Luis Namba…

livro

Fonte de Pesquisa:  “Protetores Bucais Esportivos – Tudo o que o cirurgião-dentista precisa saber” dos autores: Clara Padilha e Eli Luis Namba,

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Sobre Dr. Daniel Moreira de Bulhões

Cirurgião-Dentista graduado em Odontologia pela Universidade Federal de Alagoas- UFAL, Cursou parte de sua graduação nos Estados Unidos durante o "Brazil Scientific Mobility Program" na University of Kentucky. Pós-graduando em Prótese Dentária e Implante Dentário pela Faculdade de Sete Lagoas de Minas Gerais. Empresário, Diretor clínico da "Evolution Dental Clinic" e sócio-proprietário da MOLART (www.molart.com.br), loja de presentes exclusivos e criativos para dentistas. Foi professor voluntário de Saúde Bucal dos cursos de extensão da Faculdade FACIMA para a Terceira Idade, estagiário do Ministério da Saúde no PET-Saúde, presidente e fundador da Liga de Prótese Dentária, três vezes monitor de Prótese Dentária na Clínica Integrada da UFAL, membro da comissão de tecnologia da informação e comunicação do CRO/AL e Presidente do Centro Acadêmico de Odontologia CAO-UFAL. Se aperfeiçoou em Facetas e Laminados cerâmicos, Toxina Botulínica e Preenchimento Facial, Cirurgia buco dentária, Radiologia, Odontologia Estética, Endodontia e Dentística pelo Instituto Odontológico do Nordeste. Venceu três prêmios como melhor Blog de Saúde, Cultura e Educação. É autor-responsável pelo Blog Profissão Dentista, Digital Influencer e Webmaster com experiência em Mídias Sociais e Marketing Digital na Odontologia, onde palestra e dá cursos sobre o assunto.

Veja Também!

Festa de 07 anos do PROFISSÃO DENTISTA

Como o tempo passou rápido, não foi? Sem perceber, o Blog Profissão Dentista completou 07 ...