Início / Curiosidades / Mucocele e Rânula: Características clínicas e Tratamento

Mucocele e Rânula: Características clínicas e Tratamento

banneradsense2

MUCOCELE

Fenômeno de extravasamento de muco (mucina). A mucocele é uma lesão muito comum da mucosa oral resultante da ruptura de um ducto de glândula salivar e o extravasamento de mucina para dentro dos tecidos moles adjacentes. Este extravasamento geralmente é resultante de um trauma local, embora muitos casos não haja história de trauma associado.  Diferente dos cistos do ducto salivar, a mucocele não é um cisto verdadeiro porque tem revestimento epitelial circundante.

Características Clínicas

  • Se apresentam como aumentos de volume mucosos em forma de cúpula
  • Tamanhos variados de 1 a 2 mm a alguns centímetros
  • Mais comum em crianças e adultos jovens (pelo fato de estarem mais propensos a experiências de trauma)
  • Lesão com coloração azulada ou normocrômicas
  • Lesão flutuante, mas algumas são firmes à palpação
  • Tempo de evolução varia de poucos dias a diversos anos.
  • Lábio inferior é o local mais comum para ocorrer a mucocele (81% dos casos)
  • Raramente ocorrem no lábio superior
  • Podem romper-se periodicamente e liberar seu conteúdo fluido
  • Quando se rompem deixam úlceras rasas dolorosas que cicatrizam em poucos dias.
  • Episódios recidivantes na mesma localização são comuns.

mucocele-labial

mucocele-jugal

Tratamento e Prognóstico

Algumas mucoceles são lesões autolimitantes que se rompem e cicatrizam sozinhas. Entretanto, muitas dessas lesões são de natureza crônica, e a excisão cirúrgica local é necessária. Para remover o risco e recorrência, o cirurgião-dentista deve remover qualquer glândula salivar menor que possa localizar-se dentro da lesão quando a área for excisada. O tecido excisado deve ser submetido à avaliação microscópica para confirmar o diagnóstico e descartar a possibilidade de tumores de glândula salivar. O Prognóstico é excelente, embora algumas mucoceles necessitem de reexcisão, especialmente se as glândulas subjacentes não tiverem sido removidas.

RÂNULA

É uma mucocele (extravasamento de muco) que ocorre no assoalho da boca. Este nome é derivado da palavra em latim, rana, que significa “rã”, pois o aumento de volume pode lembrar o ventre translúcido de uma rã. A origem da mucina extravasada é usualmente a glândula sublingual, mas as rânulas podem também se originar do ducto da glândula submandibular, ou possivelmente, das glândulas salivares menores presentes no soalho da boca.

Características Clínicas

  • Ocorre no soalho da boca
  • Se apresenta como um aumento do volume flutuante
  • Formato abaulado
  • Coloração azulada
  • Vista mais frequentemente em crianças e adultos jovens.
  • Essas lesões tendem a ser maiores que as mucoceles de outras localizações orais.
  • Geralmente se desenvolvem em grandes massas que preenchem o assoalho da boca e elevam a língua.
  • Localiza-se lateralmente à linha média, se diferenciando do cisto dermoide da linha média.
  • Seu conteúdo mucoso também pode ser liberado durante o rompimento e então se formam novamente.

ranula

Tratamento e Prognóstico

O tratamento da rânula consiste na remoção da glândula sublingual e/ou marsupialização. A marsupialização consiste na remoção da porção superior da lesão intraoral, que geralmente pode ser bem-sucedida para as rânulas pequenas e superficiais associadas.  Entretanto, a marsupialização geralmente não é bem-sucedida para rânulas grandes que se desenvolvam a partir do corpo da glândula sublingual. A maioria dos autores enfatiza que a remoção da glândula afetada é uma importante consideração na prevenção de recorrências da lesão.

Fonte de Pesquisa: Neville

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)

Veja Também!

perio

Instrumentação em Periodontia: Orientação Clínica

  Instrumentos Periodontais Os instrumentos periodontais tem como finalidade realizar o exame clínico, fazer raspagem ...