Início / Patologia Oral (Página 2)

Patologia Oral

Salivação Excessiva ou Sialorreia

Sialorreia, ptialismo ou polissialia é a secreção abundante de saliva CAUSAS Irritações locais, tais como as úlceras aftosas (aftas). Próteses mal adptadas. Os pacientes com dentaduras novas frequetemente experimentam uma produção excessiva de saliva, até que se acostumem com as próteses. Pode ocorrer como um sistema tampão protetor para neutralizar ...

Leia mais »

Anquiloglossia – Língua Presa

A anquiloglossia é uma anomalia de desenvolvimento da língua, caracterizada pelo freio lingual curto, resultando na limitação dos movimentos da língua. É observada em 1,7% a 4,4% dos recém-nascidos e é quatro vezes mais comum em meninos. Nos adultos, não é incomum observar casos leves de anquiloglossia, mas a anquiloglossia ...

Leia mais »

Piercings Orais e suas Complicações

Evidências históricas de quase todos os continentes mostram que o piercing corporal é uma prática antiga com uma forte associação com religiões, culturas ou comportamentos supersticiosos. Usualmente, a perfuração é realizada para a colocação da joia em sítios como as sobrancelhas, hélice da orelha, nariz, umbigo, mamilos, genitais e em ...

Leia mais »

Tártaro ou Cálculo Dentário

O cálculo também chamado de tártaro ou placa dentária calcificada/petrificada é o resultado da mineralização da placa bacteriana ou biofilme maduro. Causas de sua Formação A Supersaturação dos fluidos orais com fosfato de cálcio é uma razão (mais especificamente a força motriz termodinâmica) para a maturação e remineralização de esmalte ...

Leia mais »

Língua Fissurada

Língua Fissurada ou Língua Escrotal é uma condição relativamente comum caracterizada pela presença de várias fissuras ou sulcos na superfície dorsal da língua. A sua causa é incerta, mas a hereditariedade parece ter um papel significante. Evidências indicam que esta condição pode ter tanto caráter poligênico, como autossômico dominante com ...

Leia mais »

Língua Pilosa

A língua pilosa (língua pilosa negra, língua saburrosa) caracteriza-se por acúmulo acentuado de ceratina nas papilas filiformes do dorso lingual, resultando em uma aparência semelhante a pelos. Aparentemente essa condição ocorre por um aumento na produção de ceratina ou por um decréscimo na descamação da ceratina normal. A língua pilosa ...

Leia mais »