Início / Caso Clínico / Silicones de adição: os aliados para o sucesso do tratamento reabilitador

Silicones de adição: os aliados para o sucesso do tratamento reabilitador

Os materiais de moldagem são aliados fundamentais para o sucesso clínico do tratamento reabilitador. A Linha Scan da Yller de silicones de adição foi projetada para obter moldagens de extrema precisão e estabilidade dimensional. Confira os silicones da Yller em ação no caso a seguir, e o papel primordial que exercem no tratamento reabilitador.

Caso Clínico

Paciente do sexo masculino, 51 anos, compareceu ao consultório com queixa de ponte fixa solta na boca, sem poder falar ou mastigar adequadamente. O paciente apresentava grande inflamação gengival, fratura dos núcleos metálicos fundidos e grande desadaptação da prótese.

O caso clínico foi fotografado e documentado minuciosamente, junto com a solicitação de exames pertinentes, onde foi constatado fratura em região de férula do elemento 23 e lesão periapical do mesmo. O plano de tratamento reabilitador consistiu em uma equipe multidisciplinar com retratamento endodôntico, montagem no articulador, confecção de novos provisórios e documentação do caso.

Na imagem da Figura 1 pode-se observar a moldagem feita em silicones de adição Scan Light e Scan Putty, da Yller, com todos os detalhes anatômicos dos dentes, bem como a fidelidade de moldagem do rebordo maxilar. A chave para o sucesso clinico de qualquer caso se inicia pela moldagem, etapa onde os materiais devem ser selecionados criteriosamente, a fim de copiar os mínimos detalhes de forma a evitar erros protéticos. Por isso, o material de eleição foi o silicone de adição, por sua fidelidade a cópia e capacidade de vazamento de múltiplos modelos posteriormente.

Figura 1. Moldagem do caso com silicone de adição Scan Light e Scan Putty, da Yller.

Imagem: Dr. Luana Serralva.

Para harmonização de todo sorriso, foram planejados laminados cerâmicos do tipo lentes de contato na arcada superior (Figuras 2-4). Foi utilizada a cerâmica do tipo dissilicato de lítio, que foram ainda minimamente invasivas com preparos de apenas 0,3 mm conforme as seguintes fotografias, devolvendo a beleza ao sorriso do paciente. Na Figura 5 pode-se observar as etapas que vão desde a moldagem até a confecção dos laminados cerâmicos.

Figura 2Laminados cerâmicos para arcada superior.
Imagem: Dr. Luana Serralva.

Figura 3Elevada estética dos laminados cerâmicos confeccionados.
Imagem: Dr. Luana Serralva.

Figura 4Laminados cerâmicos confeccionados com cerâmicas de dissilicato de lítio.
Imagem: Dr. Luana Serralva.

Figura 5Moldagem em silicone de adição, enceramento e confecção dos laminados cerâmicos.
Imagem: Dr. Luana Serralva.

Na Figura 6 pode-se observar o caso após reabilitação de toda arcada superior em cerâmicas, devolvendo a estética, auto-estima e função para o paciente.

Figura 6Caso clínico após reabilitação da arcada superior em cerâmicas.
Imagem: Dr. Luana Serralva.

Prof. Dr. Luana Serralva

COMPARTILHE ESTE ARTIGO:

Comente Aqui!

Comentário(s)